top of page

Blog Crítica Prática

DIA NACIONAL DE LUTAS DOS SPF - Pronunciamento - Ato público 03/04/2024 - Praça da Piedade



Os capitalistas são enfáticos quando se trata de mostrar aos “consumidores” quando de impostos pagamos sobre produtos e serviços!

Mas ficam muito caladinhos quando se trata de informar que os impostos sustentam as políticas sociais, principalmente, a saúde e a educação!

Eles ficam caladinhos, porque vivem produzindo artimanhas para eles mesmos se beneficiarem destes impostos!

Neste momento os servidores públicos estão na rua para denunciar que o governo federal está cortando verbas da educação pública para garantir o superavit primário!

O governo está economizando nas políticas educacionais e particularmente com a educação superior para garantir os juros para banqueiros e os investidores!

Temos ouvido muito que o momento político é de um “cenário de frágil normalidade do estado democrático de direito”.

Este discurso aparece quando os servidores estão organizados para disputar as verbas públicas para a educação pública! O objetivo deste discurso é um só: nos desmobilizar!

Este discurso apaga que foram as greves dos servidores públicos que, trabalhando para informar a população sobre os cortes, pressionaram para evitar o desmonte da educação pública!

A greve é um instrumento de luta dos trabalhadores quando o patrão se mostra intransigente!

E o Governo Lula tem sido intransigente nos cortes de verbas para a educação pública e na negativa de recomposição da carreira e dos salários dos servidores públicos!

A nossa greve não enfraquece o Governo Lula! A nossa greve lembra ao governo Lula que o povo que o elegeu espera que ele enfrente os capitalistas que estão avançando todos os dias sobre a educação pública e garanta as verbas públicas para a educação pública!

É por esta razão que a Unidade Classista afirma!

Se não negociar, o trabalhador do serviço público federal vai parar!!

2 visualizações

Comentários


bottom of page