top of page
Seminário Mercado e Condições de Trabalho dos professores de Educação Física

Os processos de reforma curricular são frequentemente construídos considerando-se as normas institucionais para a estrutura e funcionamento dos cursos, o conhecimento próprio da área em correspondência com o perfil do profissional que se almeja formar, teorias sobre o currículo, a formação do quadro de professores da instituição e a correlação de forças com que estes professores (com algum grau de vínculo com setores de mercado e corporativos) disputam a direção do currículo, reivindicando sempre, estes professores, alguma carga de correspondência de suas teses sobre a direção do currículo com a realidade objetiva em que atuam os profissionais que serão formados.

Em que medida este processo incorpora efetivamente a relação entre a formação e as condições objetivas para a atuação dos profissionais? O debate sobre a tarefa da Universidade formar para além das “vontades” do mercado, exime a Universidade de compreender as efetivas relações de produção nas quais se inscreve a atuação de qualquer profissional? Podemos medir as relações de produção em que se inscreve a atuação dos professores de educação física pela opinião de estudantes e profissionais, ou o conhecimento das condições para a atuação profissional em relações de produção capitalistas é mais exigente em sua fase de concentração e centralização dos capitais?

Considerando-se o processo de Reforma Curricular pelo qual está passando o Curso de Educação Física da FACED UFBA, o Grupo Marxismo e Políticas de Trabalho em Educação está promovendo O I Seminário mercado e condições de trabalho dos professores de educação física no Brasil. Nestes tempos em que a reação se espalha por todas as esferas das nossas existências, urge enfrentar de conjunto as contradições da formação em tempos incertos. Urge que não idealizemos a formação de professores, dialogando com os que atuam nos diferentes campos e os que investigam as relações de produção capitalistas para localizar as bases reais em que esta atuação resiste e os marcos teóricos fundamentais que a explicam.

Seminario_Mercado_Ed.Fisica.jpg
bottom of page